Benefícios do vinho para a saúde

O vinho é mais conhecido por suas desvantagens, que por seus benefícios, há anos tem sido estudado incansavelmente e não são capazes de demonstrar resultados impressionante e inesperados que até mesmo incentivam uma vida mais longa, proteger contra certos tipos de câncer, benefícios para o coração e melhorar aspectos da saúde mental.

Principalmente esses atributos se dão ao vinho vermelho, se bem que se tenham reconhecido estudos que o vinho branco, traz o mesmo, alguns pensam que são necessárias mais investigações para poder confirmar estes resultados.
Principais benefícios do vinho para a saúde
Sempre existirá algum debate, sobre os benefícios do vinho para a saúde. Levantam-Se pessoas contra e pessoas a favor, já que sabemos as consequências que isso pode trazer, se tratamos de obter benefícios deste, sem nunca ter tomado uma bebida.
Reduz o risco de depressão
Há um par de anos, uma revista espanhola público que o vinho pode reduzir o risco de depressão.
Para poder levar a cabo esta investigação reuniram para 2800 mulheres e 2700 homens entre 56 e 81 anos e estudaram por um período de 7 anos. Eles enchiam a um questionário com seus alimentos e a freqüência de suas refeições, nesta também incluía produtos que contenham álcool.
Viu-Se como resultado que as mulheres e homens que tiveram um consumo moderado a cada semana eram menos propensos a serem diagnosticados com depressão.
A prevenção do câncer de cólon
Um grupo de cientistas pertencentes a uma universidade do Reino Unido, deram a conhecer em uma conferência sobre o resveratrol, um adequado consumo de vinho pode chegar a reduzir os tumores intestinais em até 50%

RECOMENDADO Para que serve a água potável?
Propriedades anti-envelhecimento
Pesquisadores da universidade de Harvard demonstraram que o vinho contém propriedades anti-envelhecimento.
O resveratrol é o principal protagonista com o seu efeito, este vem da casca das uvas, nozes, uvas-do-monte, entre outras abundantes fontes.
Essas propriedades não são novas, já que estas têm-se vindo a discutir durante séculos. As pessoas na Europa viam que os monges durante muitos mais anos, em comparação com o resto da população, suspeitaram que se devia ao consumo regulado de vinho.
A prevenção do câncer de mama
O consumo de uma diversidade de bebidas alcoólicas prejudica para o aumento de câncer de mama. Com o vinho acontece o contrário, pois isso minimiza a redução de estrogênio e aumenta os níveis de testosterona em mulheres pré-menopáusicas, isso traz como vantagem um menor risco de sofrer de câncer de mama.
A proteção contra as queimaduras solares severas
Os derivados da uva que contém o vinho ajudam a reduzir os danos que podem causar aos raios ultra violeta.
Os cientistas encarregados de discutir isso explicaram que quando se dá o contato com os raios ultra violeta, estes ativam espécies reativas de oxigênio, que se conseguem oxidar as gorduras, DNA e outras moléculas maiores, que por sua vez estimulam outras enzimas que danificam as células da pele. O vinho contém flavonóides também são encontrados em uvas, estas têm a capacidade de inibir a formação de espécies reativas de oxigênio em células da pele que ficam expostas à luz solar.

Os principais benefícios do vinho para a saúde são associados com o resveratrol, mas é importante destacar que o consumo moderado deste é bom para a saúde, mas não é recomendável que você nunca tenha consumido. Beber demais pode levar a diversos problemas, tais como: problemas de saúde mental, depressão, arritmias, acidente vascular cerebral, fígado gorduroso, hipertensão arterial, hepatite, diferentes tipos de câncer, pancreatite e muitas outras doenças.

RECOMENDADO Benefícios de nadar todos os dias